Lei de correspondência

O Inverno sonha o Verão e a noite prepara o dia. De pé ou de cabeça para a baixo, olham-se e sentem os diferentes horizontes, mas todo o erro leva oculta uma verdade, a ver- dade, o germe da luz. O material de movimento é parte de um estádio téc-nico e emocional que eu transito, e que mistura a minha procura estética tanto para o movimentocomo para a linguagem, enquanto meio pelo qual faço transitar a minha completa ex-istência, corpo, alma, espírito…
Tentar desvendar os caminhos e per- cursos do corpo que sente, que tra-balha, que é discípulo e mestre, o corpo da dor e do amor.
Pretendo partilhar a minha sensação de plenitude, aquela que experimen-to tanto no movimento no chão como aéreo e desta lei da correspondência da qual fala o Kibalion enquanto uma das leis que agem no universo e diz simplesmente; como em cima, em baixo e como em baixo, em cima, da corre-spondência do micro com o macro cos- mos é a base das ciências esotéricas e que pode resultar tão complexa e longínqua ao mesmo tempo em rela-ção ao entendimento… e outras vez- es encarna-o e, simplesmente, com- preende-se.

Ficha Técnica e Artística Encenação e Interpretação_ Cecília Gómez
Música_ Sérgio Bulgakov
Vídeo e Design do Espaço Cénico_ Carlos Trilnick
Vestuário_ Marina Suarez
Mapa de Luzes_ Ignacio Riveros Duração_25 m
País_ Argentina