SÓ GOSTO DE TI

    O fim é sempre amargo. Deixa um sabor estranho no corpo, na alma e um buraco no coração. Ou então não. O fim pode ser também uma corrente que se quebra com estrondo e nos deixa livres. Livres para continuar a nosso caminho, livres de restrições, de proibições, de quem nos fez mal. De quem nos prendeu contra vontade, de quem nos deixou reduzidos a um pequeno ser sem vontade própria.

    O que escolhes, quando tens ainda toda a vida pela frente?

     

    Ficha técnica

    Direção artística: ASTA

    Criação e direção: Rui Pires

    Texto: Rui Espinho

    Professora de voz: Carmo Teixeira

    Professor de teatro: Sérgio Novo

    Voz-off: Sérgio Novo

    Responsável técnico: João Cantador

    Produção: COOLABORA

    Intérpretes: Crianças e jovens do projeto QUERO SABER, alunos das escolas do concelho da Covilhã